Skip to main content

Jovens portugueses apresentam cada vez mais perda auditiva

26/02/2014
Artigos
Jovens portugueses apresentam cada vez mais perda auditiva

Apesar de ter maior incidência na população sénior – indivíduos com mais de 65 anos -, a perda auditiva pode surgir praticamente em qualquer altura da vida. Nos últimos anos o registo de novos casos de perda auditiva em jovens cresceu devido, sobretudo, à forma como inconsequentemente esta faixa etária da população se autoexpõe a níveis de ruído altamente prejudiciais

Todos os dias, são várias as atividades da nossa rotina que nos expõem a níveis de poluição sonora altamente prejudiciais para a nossa saúde. Sem nos darmos conta, estamos expostos a situações em que o ruído ambiente é constante e com um elevado impacto nocivo para o nosso bem-estar.
Contrariamente a outros países na União Europeia, Portugal tem registado nos últimos anos um aumento dos níveis de ruído, especialmente nas grandes cidades, fazendo com que no seu dia-a-dia, quase metade da população nacional, ou seja, mais de cinco milhões de pessoas, se encontre exposta a elevados níveis de ruído.
Esta sobre-exposição ao ruído tem fortes implicações negativas na nossa saúde. Para além de induzir ao surgimento de problemas do foro psicológico ou doenças cardiovasculares, a exposição a elevados níveis de poluição sonora tem um impacto direto na saúde auditiva da população.
A exposição prolongada a ruído elevado e/ou constante é uma das causas mais comuns de perda auditiva e os problemas auditivos induzidos por traumas acústicos são atualmente a principal causa de perda auditiva na população jovem e adulta em Portugal.
As pessoas com este problema sofrem, explicando de uma forma muito simples, de uma redução significativa dos sons que conseguem percecionar. Atualmente, mais de um milhão de portugueses sofre de perda auditiva, problema que atinge de igual forma homens e mulheres, e que tem um forte impacto psicológico. De facto, quando não tratada, a perda auditiva, pode ter consequências muito negativas para a qualidade de vida dos indivíduos e dos seus relacionamentos sociais e profissionais, podendo levar a situações de isolamento, solidão e depressão.
Em média, o período de tempo entre o aparecimento dos primeiros sintomas e a decisão de procurar ajuda especializada é superior a sete anos. Isto deve-se, essencialmente, porque a perda auditiva é, na grande maioria dos casos, gradual. Quando se começa a "ouvir mal", a evidência não é clara nem imediata. Isto faz com que a procura de ajuda se arraste e os indivíduos só procurem ajuda especializada quando alcançaram já estados mais graves e irreversíveis de perda auditiva.
Os jovens portugueses apresentam, cada vez mais, perda auditiva induzida pelo ruído. O número de pedidos de ajuda especializada tem vindo a aumentar nos últimos anos e os níveis de audição dos jovens equivalem, em grande parte dos casos, a um défice auditivo geralmente registado em pessoas com mais de 60 anos de idade. Este cenário é particularmente alarmante se considerarmos que, cada vez mais cedo e com maior frequência, os jovens se expõem a níveis muito elevados de ruído, através da permanência em espaços com elevada poluição sonora, como bares e concertos, e porque utilizam diariamente, e durante horas a fio, aparelhos de música como os dispositivos mp3 a um volume desaconselhável.
Só a título de exemplo, dados da Comissão Europeia estimam que, nos próximos anos, cerca de dez milhões de jovens europeus corram sérios riscos de sofrer de perda auditiva irreversível devido à utilização deste tipo de dispositivos.

Perante este cenário, corremos um sério risco de, dentro de uma década, termos uma geração inteira com graves problemas de perda auditiva precoce. É por isso que datas como o Dia Internacional da Sensibilização para o Ruído devem ser assinalados. São o mote para relembrar a população para os perigos do ruído que, apesar de dissimulado e não imediato, tem um forte impacto no nosso bem-estar.
Proteja os seus ouvidos, pela sua saúde!

Guia da Audição GRÁTIS
Os seus dados:

Sliding banner form

Preencha o formulário e receba o Guia da Audição MiniSom GRÁTIS!

No Guia da MiniSom “Oiça tudo o que gosta” vai descobrir informações úteis sobre a audição.
Explore os variados temas e esclareça todas as dúvidas sobre:guia-audicao_sliding-banner.png

  • O sistema auditivo.
  • Os sinais da perda auditiva.
  • O processo de reabilitação auditiva.
  • Como escolher o aparelho auditivo mais indicado.

Comece já a viver em pleno uma melhor e mais perfeita audição.