Dor de ouvidos em crianças e bebés

Como aliviar e tratar a dor de ouvidos da criança

A audição é o primeiro dos sentidos a desenvolver-se no feto e a voz da mãe, antes mesmo do nascimento, transmite calma e segurança. Mas, nos seus primeiros tempos de vida é frequente surgirem pequenos problemas relacionados com os ouvidos das crianças, referimo-nos concretamente às otites que lhes provocam geralmente dores nos ouvidos. A deteção e resolução precoce das otites nas crianças reduz muito a possibilidade de virem a desenvolver problemas auditivos no futuro.

Dor de ouvidos em crianças e bebés

A dor de ouvidos nas crianças é relativamente comum e a causa mais frequente é a otite ou infeção do ouvido médio. A maioria dos casos de otite ocorre em crianças até 10 anos de idade, mas os que têm menos de 18 meses são aqueles que têm a maior probabilidade de sofrer com dor de ouvidos. Em geral, as otites e as consequentes dores de ouvidos, manifesta-se na sequência de uma constipação comum, dor de garganta ou de outras infeções do trato respiratório e ocorrem sobretudo nos meses de inverno, especialmente entre janeiro e março. O processo inflamatório subjacente a estas doenças provoca uma acumulação de secreções, dificultando a sua drenagem a nível das trompas de Eustáquio, provocando assim a acumulação destas no ouvido médio.

Na sequência de um cenário de dor de ouvidos da criança ou de febre, recomenda-se a ida ao médico. A observação clínica consiste na avaliação do canal auricular e do tímpano através de um otoscópio, para verificar a presença de secreções no ouvido médio.  Saiba que, no caso de as otites serem persistentes ou crónicas, pode ser sugerido pelo médico a realização de testes auditivos para despistar qualquer perda auditiva que possa ter sido originada pelas consecutivas inflamações do sistema auditivo.  A Minisom tem audiologistas especializados no atendimento a crianças que podem ajudar a fazer o diagnóstico precoce da surdez ou de outras alterações a nível da audição. A consulta e os exames auditivos que efetuarmos à sua criança são gratuitos.

Senhora na rua.

Dor de ouvido

Avô diverte-se a ouvir música com  o neto com os seus novos aparelhos auditivos.

A otite e os riscos para a audição

Como aliviar dor de ouvidos nas crianças

Um dos distúrbios mais desagradáveis nos mais pequenos é a dor de ouvidos. Além do desconforto que lhes causa, muitas vezes também provoca elevados níveis de frustração e de stress. Naturalmente, a melhor maneira de aliviar a dor de ouvido nas crianças é levando-as a um médico que as observará atentamente e prescreverá o tratamento mais adequado. Contudo, os pais em casa também podem realizar algumas ações básicas que vão aliviar a dor de ouvido nas crianças. Eis as nossas sugestões: 

  • Deve ter em conta que o desconforto será mais intenso quando a criança ou bebé está deitado. Assim, mantê-lo de pé, sentado ou ao colo fará com que ele se sinta mais confortável. Pode também recorrer a um par de travesseiros ou almofadas para elevar a sua criança ou bebé quando o tiver de deitar na cama ou berço.
  • Outra dica para aliviar a dor de ouvido em crianças e bebés é aplicar calor seco no ouvido, sob a forma de um pano quente, pois o aumento da temperatura ajuda a relaxar.
  • Fazer uma massagem suave é outra das formas simples de aliviar a dor de ouvido infantil, já que a massagem ajuda a relaxar os músculos que podem estar contraídos pelo excesso de stress causado no ouvido. Para realizar a massagem deve-se fazer movimentos de cima para baixo com o polegar, começando atrás da orelha e fazendo uma ligeira pressão enquanto se desce em direção ao pescoço. Depois, deve-se repetir o mesmo movimento pela parte da frente da orelha.

Otite e infecções em bebés

É mais fácil detetar problemas auditivos em crianças do que em bebés. Contudo, a otite em bebés é a causa mais frequente de perturbações do sistema auditivo em tenra idade. Existem, contudo, alguns sinais que podem indicar aos pais algum desconforto em termos dos ouvidos e da audição dos recém-nascidos. Pode identificar um distúrbio auditivo no seu bebé se:

  • Tem febre e dificuldades para dormir
  • Chora ou se irrita sem razão aparente
  • Apresenta corrimento nasal, tosse, vómito ou diarreia
  • Não reage a brinquedos ou estímulos sonoros, nomeadamente à voz dos pais

Saiba que os médicos na maternidade dispõem de equipamentos específicos para verificar a audição dos bebés, pelo que deve procurar saber se os mesmos foram feitos ao seu bebé e quais os resultados obtidos. Em caso de dúvida, um novo exame pode ser realizado três semanas após o nascimento. 

Nunca descure a saúde auditiva do seu bebé, pois pode prevenir o aparecimento de futuros problemas a nível da audição. Caso detete sinais de otites ou infeções nos ouvidos do seu bebé, alerte de imediato o seu médico pediatra ou marque diretamente uma consulta num otorrinolaringologista.

Audiologista dá indicações sobre a consulta gratuita.
Agende a sua consulta gratuita

Precisa de informação personalizada? Os nossos audiologistas estão do seu lado e podem ajudar! Agende a sua consulta gratuita.

Marcar consulta

Descubra como está a sua audição

Marque uma consulta auditiva gratuita

Agendar agora

Faça um teste auditivo online

Iniciar teste

Encontre o centro auditivo mais próximo

Procurar centro