Chegámos a Vale de Cambra! Faça a sua Consulta Auditiva Gratuita. Agendar Aqui

Misofonia

Aversão e reação forte ao ouvir determinados sons

A palavra Misofonia surge da junção de "miso" (que significa aversão, ódio) com "fonia" (ligado ao som), e é uma patologia que diz respeito ao conjunto de pessoas que produzem reações fortes ao ouvir determinados sons que para a maioria das pessoas são normais. Assim, quem sofre de Misofonia tem pois uma hipersensibilidade a sons específicos do nosso quotidiano, sons esses que conduzem a reações extremas como irritabilidade, raiva e até pânico.

O que é a Misofonia

A misofonia é uma condição na qual a pessoa reage de forma intensa e negativa a pequenos estímulos auditivos, e às vezes visuais, que a maior parte das pessoas não repara ou não dá importância. Embora a pessoa consiga reconhecer que sente repulsa a determinados sons, normalmente não consegue deixar de produzir determinadas reações. Efetivamente, os indivíduos com Misofonia têm muitas vezes pouco ou nenhum controle sobre as suas reações e reconhecem que a sua sensibilidade a estes sons é, de certa forma, anormal.

Estes sintomas surgem mais frequentemente na infância, entre os 9 e os 13 anos, mas podem ocorrer em qualquer idade. No entanto, existem terapias que usadas em separado ou conjuntamente podem ajudar a pessoa a tolerar melhor alguns dos sons que lhe causam reações mais adversas.

Alguns dos sons mais comuns que provocam o surgimento de sentimentos ou reações anormais são:

  • Sons provocados pela boca: beber, mastigar, arrotar, beijar ou bocejar.
  • Sons de respiração: ressonar, espirros ou respiração ruidosa.
  • Sons relacionados com a voz: sussurros, voz anasalada ou uso repetido de palavras.
  • Sons do ambiente: teclas do teclado, televisão ligada ou barulho do relógio de corda a funcionar.
  • Sons de animais: cães a latir, pássaros a voar ou animais a beber água.

Principais sintomas da misofonia

Embora ainda não exista um teste ou um método cem por cento eficaz para diagnosticar a misofonia, são vários os sinais que as pessoas com esta condição habitualmente manifestam após ouvirem sons que lhes causam reações mais intensas:

  • Estado anormalmente agitado ou irritado;
  • Evitar atividades específicas, como comer fora para não ouvir pessoas a mastigar;
  • Reagir de forma exagerada a barulho simples;
  • Pedir de forma mais intensa ou ofensiva para que o barulho pare.

Importante referir que este tipo de comportamentos pode dificultar as relações com as pessoas mais próximas. Alguns sons mais incomodativos para estas pessoas, como tossir ou espirrar, não podem ser evitados e, por isso, a pessoa com misofonia tende a evitar estar com alguns familiares ou amigos que produzam esses sons com mais frequência. De igual forma, a pessoa com misofonia tende a evitar fazer novas amizades, a participar em atividades sociais, ou até mesmo sair de casa, nos casos mais graves e avançados da doença.

Descubra os benefícios dos aparelhos auditivos Descubra mais

Como tratar a misofonia

Não há uma cura ou tratamento específico para misofonia, pelo que o médico poderá encaminhar o seu paciente para diferentes tipos de terapias, que o podem ajudar a tolerar os sons com maior facilidade. Estas são as principais:

Terapia de habituação à condição

Esta forma de terapia é realizada por um terapeuta especializado e consiste em ajudar a pessoa a focar-se em sons agradáveis (normalmente música e sons da natureza), nos diversos momentos em que ouve os sons invasores que lhe causem a reação de misofonia. Com treino, a pessoa tende a relativizar ou mesmo ignora-los por completo.

Terapia psicológica

Em alguns casos, a sensação desagradável causada por um som específico pode estar relacionada com uma experiência traumática do passado. Nestas situações, um psicólogo pode dar uma ajuda preciosa na medida em que pode descobrir o que está na origem do síndrome e assim resolver, ou pelo menos atenuar, a reação exagerada a esses mesmos sons.

3. Outras terapias

Outras técnicas podem ajudar a pessoa a adaptar-se melhor aos sons desagradáveis incluem a hipnose, o neuro-biofeedback, a meditação ou mindfulness, que podem ser usadas isoladamente ou conjunto com as técnicas anteriormente indicadas.

Descubra como está a sua audição

Marque uma consulta auditiva gratuita

Agendar agora

Faça um teste auditivo online

Iniciar teste

Encontre o centro auditivo mais próximo

Procurar centro
Store non trovato

A Minisom está perto de si! Descubra mais 100 centros Minisom em Portugal

Venha a um centro Minisom e verifique sua audição gratuitamente e sem compromisso.