Skip to main content

Aparelhos Auditivos

Aqui poderá esclarecer as suas dúvidas no que se refere a aparelhos auditivos.


O que é um aparelho auditivo?

Um aparelho auditivo é um sistema electrónico amplificador que torna os sons audíveis para as pessoas que sofrem de perda auditiva. A perda auditiva é uma doença conhecida desde sempre e as tentativas para amplificar sons já se efectuam há séculos.
Os aparelhos auditivos tanto no passado como no presente tiveram sempre a mesma função, aumentar o volume de som para quem tem problemas em ouvir. Antes de haver electricidade, a única maneira de se atingir este objectivo era através do uso de uma trompeta ou tubo que levava o som directamente até ao ouvido, eliminando outros barulhos.
O primeiro aparelho auditivo a transístor apareceu em 1953. Com o desenvolvimento do transístor, os aparelhos puderam tornar-se mais pequenos e potentes. O uso de micro-chips para a programação de aparelhos auditivos foi introduzido em 1985.
Hoje, os aparelhos auditivos electrónicos modernos transformam pressão de ar em electricidade, através de um microfone. Os impulsos eléctricos amplificados são então reconvertidos através de um receptor para ondas de pressão a um nível muito mais intenso, sendo assim audíveis ao ouvido.

O que é um aparelho auditivo digital?

Aparelhos auditivos digitais transformam informação analógica num sinal digital e processam o som de modo a maximizar a informação oral que deseja ouvir, enquanto ao mesmo tempo minimiza a amplificação de sons que não deseja ouvir.
Graças a microprocessadores cada vez menores, a tecnologia digital está na vanguarda das soluções para perda de audição. Os aparelhos auditivos digitais têm um maior reconhecimento de fala em locais com barulho de fundo, e com o uso de computadores podem ser programados para cada grau específico de perda auditiva.
A possibilidade do seu fornecedor programar e personalizar os seus aparelhos auditivos digitais às suas necessidades específicas, ultrapassa em muito as capacidades de um aparelho auditivo analógico, podendo dar-lhe sons muito parecidos à qualidade do som de um CD.
A última tecnologia digital representa um grande avanço para a maior parte das pessoas, uma vez que, as suas funções são automáticas e não têm comandos complicados. Se pretende a melhor tecnologia, peça aparelhos auditivos digitais!

Necessito de um aparelho auditivo para cada ouvido?

Sim, se tiver perda auditiva em ambos os ouvidos, e no caso de a sua audição melhorar com o uso de ambos os aparelhos auditivos.
Um aparelho auditivo usado num só ouvido tornará o som "baixo” e “monocórdico”. A amplificação binaural – aparelhos em ambos os lados melhora a localização do som. A amplificação binaural permite ter uma audição “espaçosa” ou de “alta-fidelidade”, o que não acontece com a audição monoaural (um ouvido).
A compreensão clara da fala, em particular em situações barulhentas e difíceis, é muito mais fácil quando se usa aparelho em ambos os ouvidos. Além de que, o uso de dois aparelhos auditivos permite-lhe ouvir claramente pessoas que falem para si de ambos os lados da sua cabeça. Por último, a maior parte das pessoas não consegue ouvir usando somente um ouvido. Existem estudos que comprovam que crianças com um ouvido que tem um nível de audição normal e um ouvido com um nível de audição baixo, têm dez vezes mais hipóteses de repetir anos de escolaridade em comparação com crianças que ambos os ouvidos têm níveis de audição considerados normais. Sabemos ainda, que se tem dois ouvidos com problemas auditivos e se somente usar um aparelho auditivo, o ouvido sem aparelho terá tendência a perder ainda mais a capacidade de ouvir do que o ouvido que tem o aparelho.

Quanto custam os aparelhos auditivos?

Os preços dos aparelhos auditivos variam com diversos factores. Em geral, os preços dos aparelhos auditivos aumentam quanto mais complexos, sofisticados ou pequenos forem.
O custo dos aparelhos auditivos varia consoante a perda auditiva específica de cada pessoa, características técnicas e condições de mercado para aparelhos digitais programáveis.
O preço é sem dúvida importante, deverá ser tido em conta quando se adquire aparelhos auditivos. A sua fiabilidade permitir-lhe-á poupar despesas de arranjo, bem como evitar a frustração de ter aparelhos auditivos que não funcionam correctamente.
O custo e duração da pilha também devem ser tidos em conta na altura da compra de aparelhos auditivos. As pilhas podem durar vários dias ou várias semanas dependendo das necessidades de consumo de cada aparelho auditivo, do tipo de pilha ou do tipo de uso dado ao aparelho auditivo.

Guia da Audição GRÁTIS
Os seus dados:

Sliding banner form

(EM ATUALIZAÇÃO)

Preencha o formulário e receba o Guia da Audição MiniSom GRÁTIS!

No Guia da MiniSom “Oiça tudo o que gosta” vai descobrir informações úteis sobre a audição.
Explore os variados temas e esclareça todas as dúvidas sobre:guia-audicao_sliding-banner.png

  • O sistema auditivo.
  • Os sinais da perda auditiva.
  • O processo de reabilitação auditiva.
  • Como escolher o aparelho auditivo mais indicado.

Comece já a viver em pleno uma melhor e mais perfeita audição.