Chegámos a Vale de Cambra! Faça a sua Consulta Auditiva Gratuita. Agendar Aqui

O que é um medicamento ototóxico?

Descubra aqui o que são medicamentos ototóxicos e como podem impactar negativamente a sua audição.
Sep, 29, 2023

Os efeitos dos medicamentos no sistema auditivo

O conhecimento dos benefícios e das consequências indesejáveis de certos medicamentos, tem permitido reduzir os efeitos tóxicos e diminuir os riscos a eles associados. Apesar disso, são vários os medicamentos que podem causar efeitos indesejáveis, nomeadamente zumbido, diminuição da audição, instabilidade e tonturas. 

É difícil prever os eventuais danos que os medicamentos ototóxicos possam causar ao nível da audição.

O que significa a palavra "ototoxicidade"?

A ototoxicidade refere-se aos efeitos colaterais e indesejáveis de certos medicamentos ao nível do sistema auditivo e do equilíbrio. Efeitos estes que se podem manifestar durante e após o tratamento medicamentoso e assumir um caracter temporário ou permanente.

A prescrição deste tipo de medicamentos ototóxicos é feita normalmente por um médico que faz uma avaliação prévia da relação risco/benefício. No entanto, devido à variação da dosagem e à resposta de cada organismo, é muito difícil prever os eventuais danos que os medicamentos ototóxicos possam causar ao nível da audição.

Começou a tomar novos medicamentos e está a ouvir pior? Rastreio Auditivo Grátis

Quais são os medicamentos ototóxicos?

A maioria dos medicamentos ototóxicos é utilizada para patologias graves, como tratamento de cancro, doenças cardíacas e inflamatórias. No entanto, também existem medicamentos comuns com algum grau de ototoxicidade, como por exemplo certo tipo de antibióticos, diuréticos e anti-inflamatórios.

Em geral, os primeiros sintomas de ototoxicidade ao nível da audição são: os zumbidos, a diminuição da capacidade auditiva, desequilíbrio e tonturas.

Eis alguns exemplos de medicamentos ototóxicos para a audição:

Medicamentos antitumorais

Os medicamentos que contenham platina (cisplatina e carboplatina) são ototóxicos. Os sintomas podem aparecer durante o tratamento, mas também meses após o seu término.

O risco aumenta proporcionalmente em função das altas doses de medicamento, da menor idade, da exposição a ruídos altos e da própria predisposição genética.

Quer saber se está a ouvir o normal?

Antibióticos

Existem principalmente três classes de antibióticos ototóxicos: os aminoglicosídeos, os macrolídeos e os glicopeptídeos.

A estreptomicina provoca tonturas temporárias , mas também uma perda grave da sensibilidade vestibular, a neomicina pode causar surdez, e a gentamicina pode causar perda de equilíbrio.

Tal como acontece com os agentes antineoplásicos, o risco de ototoxicidade aumenta em função da dose, da frequência de utilização e da existência de problemas auditivos pré-existentes.

Quer saber se está a ouvir o normal?

Medicamentos que causam zumbido

Os medicamentos anteriores têm como efeitos colaterais mais frequentes a perda auditiva. Mas há outros medicamentos que têm efeitos menos graves e que também causam outros sintomas, como é o caso dos zumbidos. Esses medicamentos são os seguintes:

  • Salicilatos
    Uma classe de medicamentos à qual pertence a aspirina. O uso desses medicamentos pode induzir perda auditiva associada ao zumbido, que geralmente desaparece após 72 horas.
  • Diuréticos de alça
    Alguns medicamentos diuréticos utilizados no tratamento da hipertensão e de edemas podem causar perda auditiva reversível, cujos efeitos podem ser mais graves se combinados com outras drogas ototóxicas.

Quer saber se está a ouvir o normal?

Faça uma avaliação gratuita à sua audição! É Grátis. Marcar aqui

O que fazer antes de tomar medicamentos ototóxicos?

Pessoas com perda auditiva devem tomar precauções antes de tomar um medicamento ototóxico. Em primeiro lugar é necessário informar o médico que prescreve o medicamento sobre qualquer problema auditivo pré-existente. Desta forma ele irá avaliar a possibilidade de optar por uma terapia alternativa.

Caso essa solução não seja viável, o médico avaliará a dose correta do medicamento a ser administrado e acompanhará o paciente durante todo o tratamento.

Também pode ser útil realizar um teste auditivo antes de iniciar a terapia, para avaliar objetivamente a capacidade auditiva e poder monitorá-la durante o uso do medicamento.

familia na cozinha a comer

Outras substâncias ototóxicas

Algumas substâncias que consumimos no dia a dia podem ser ototóxicas para a audição.

  • Cafeína, contida no café, chá e em bebidas.
  • Bebidas alcoólicas (danificam as células ciliadas).
  • Tabaco (perturba o sistema cardiovascular, vital para a audição).

Acha que um medicamente ototóxico lhe está a prejudicar a audição?

Se tem a sensação que a sua acuidade auditiva diminuiu na sequência da toma de um novo medicamento ototóxico,  ou se já toma algum há algum tempo, o melhor é realizar uma avaliação auditiva!
 
Na Minisom, pode fazer um rastreio auditivo completo grátis.

Marcar Consulta Grátis
audiologista com senhora num centro auditivo a fazer teste auditivo
Anterior
Próximo

Notícias & Blog

Fique a par das últimas notícias sobre o mundo da audição.
Saiba mais

Descubra como está a sua audição

Marque uma consulta auditiva gratuita

Agendar agora

Faça um teste auditivo online

Iniciar teste

Encontre o centro auditivo mais próximo

Procurar centro
Store non trovato

A Minisom está perto de si! Descubra mais 100 centros Minisom em Portugal

Venha a um centro Minisom e verifique sua audição gratuitamente e sem compromisso.