Caroço atrás da orelha

Porque é que às vezes aparece um inchaço ou um caroço atrás da orelha?
Mar, 09, 2022

O que pode ser um caroço atrás da orelha

Por vezes aparecem pequenos nódulos que causam desconforto ou comichão na parte de trás das orelhas. Esta zona da cabeça é constituída por diferentes estruturas como a pele, tecidos celulares subcutâneos, tecidos adiposos e o osso mastóideo.

Dependendo da localização do caroço atrás da orelha que está a causar desconforto, podemos considerar diferentes situações. De seguida explicamos quais são as causas mais comuns.

Causas possíveis do caroço atrás da orelha

Na maioria dos casos, o caroço ou íngua atrás da orelha é inofensivo. Pode indicar a necessidade de medicação, como no caso de uma infeção, mas raramente são sinal de um problema mais grave.

Saiba que existem diversas situações ou doenças que podem dar origem a um caroço, inchaço ou íngua atrás da orelha, incluindo:

Mastoidite

Atrás da orelha não existe apenas pele, também existe o osso mastoide. Um inchaço atrás da orelha ou uma íngua atrás da orelha pode estar relacionado com a inflamação deste osso, especialmente em crianças, e originar uma mastoidite. Esta doença causa inflamação, mal-estar geral, desconforto do ouvido, febre, secreções e dores de cabeça.

A mastoidite pode ser causada por vários fatores. O mais comum é a infeção do ouvido médio, que requer um tratamento à base de antibiótico para a sua eliminação. 

Se sentir que tem um caroço ou uma íngua atrás da orelha, deve consultar um médico para fazer um diagnóstico mais preciso e ficar a saber qual o melhor tratamento a seguir.

Quistos sebáceos

Os quistos cutâneos são pequenos sacos cheios de líquido que podem aparecer em qualquer parte da pele e são frequentemente causados por glândulas cutâneas obstruídas.

Um dos tipos mais comuns são os chamados quistos sebáceos, que surgem frequentemente na cabeça, pescoço e costas. Este tipo de quistos tem origem em glândulas sebáceas entupidas, que produzem secreções oleosas com o objetivo de lubrificam a pele. São inofensivos, mas podem infetar tornando-se dolorosos.

Gânglios linfáticos inchados ou linfadenopatia

Um nódulo atrás da orelha também podem ser um gânglio linfático com um volume aumentado. Quando isto acontece, são chamados adenopatias. Têm características reconhecíveis:

  • São elásticos ao toque.
  • São facilmente mobilizáveis com os dedos.
  • São pequenos em tamanho, geralmente não excedem um centímetro.
  • Podem ser dolorosos.

Em geral, a linfadenopatia não aparece isolada. Quando o caroço está relacionado com a cadeia ganglionar é frequentemente acompanhado por outros na mesma zona.

Os gânglios inchados são sinal de que o corpo está a combater a infeção. Assim que ela desaparecer, o mesmo deverá acontecer com os caroços.

Lipoma

Os lipomas são nódulos de gordura completamente inofensivos que se desenvolvem sob a pele e podem aparecer em qualquer parte do corpo.

Se forem muito pequenos, podem não ser notados. Mas se forem maiores, podem parecer um caroço pequeno, macio e móvel, normalmente indolor.

Comparativamente aos quistos cutâneos, os lipomas estão mais profundamente na pele e são mais suaves.

Acne

Os nódulos e altos atrás das orelhas causados pela acne derivam da produção excessiva de gordura que se acumula nos poros e podem aparecer no rosto, pescoço ou costas, entre outras partes do corpo. As causas podem variar e vão desde o stress a alterações hormonais, até a efeitos secundários de alguns medicamentos. 

Para tratar a acne é essencial consultar um dermatologista, que prescreverá os cremes ou os medicamentos mais apropriados a cada caso.

Quando é que me devo preocupar?

Geralmente, os caroços atrás da orelha não representam qualquer perigo para a saúde. No entanto, é aconselhável ir ao médico para um exame físico, a fim de obter um diagnóstico adequado e, se necessário, um tratamento.

Ainda assim, deve considerar certos fatores antes de os minimizar:

  • Se o caroço for muito grande ou aumentar de tamanho bastante rapidamente, visite um especialista.
  • Os nódulos pequenos e redondos são quase sempre inofensivos, mas tome precauções se for de forma irregular ou se o sentir mover-se.
  • Esteja também atento a uma alterações de cor do nódulo, se este é doloroso ou exsudativo, e também ao aparecimento de mais caroços noutras partes do corpo.

Como eliminar um inchaço atrás da orelha

O caroço ou íngua atrás da orelha desaparece frequentemente sem que tenha de se fazer nada. No entanto, alguns casos requerem tratamento com medicamentos tópicos. O mais importante é que se vigie com frequência o estado do caroço atrás da orelha. Se notar alguma alteração ou se ele afetar a audição, consulte um médico para evitar que a sua condição piore. Um nódulo atrás da orelha requer intervenção cirúrgica quando:

  • São dolorosos.
  • Incomodam constantemente.
  • Apresentam um tamanho relativamente grande.
  • Ficam inflamados com a repetição.
  • Produzem deformidade no lóbulo.

Remédios caseiros

Para casos ligeiros, existem alguns remédios naturais que podem ajudar a diminuir o caroço atrás da orelha, no entanto deve sempre consultar o seu médico.

Explicamos aqui alguns deles:

Aloe Vera

Esta planta é conhecida pelas suas propriedades antibacterianas, portanto, poderá ser uma aliada e ajudar a fazer desaparecer o caroço atrás da orelha ou da ingua atrás da orelha.

De facto, vários estudos indicam que alguns dos seus elementos (como o etanol ou metanol) têm propriedades antimicrobianas, pelo que podem ser úteis para aliviar algumas doenças bacterianas. A aplicação de aloé vera na área do caroço poderá impedir a propagação dos micróbios que provocaram o seu aparecimento.

Óleo de rícino e dente-de-leão

O óleo de rícino tem sido tradicionalmente utilizado na cultura popular para tratar feridas e dores, pois acredita-se que tenha propriedades anti-inflamatórias. Alguns estudos recentes confirmaram que este produto tem, de facto, uma certa ação anti-inflamatória e antioxidante, razão pela qual poderá ser benéfico na redução da inflamação.

Por seu lado, o dente-de-leão também tem propriedades antibacterianas, pelo que, em combinação com o óleo de rícino, poderá ajudar a reduzir o caroço atrás da orelha.

Vinagre de maçã

O vinagre de maçã contém ácido acético, uma substância que pode ajudar a combater infeções e bactérias. Vários estudos indicam que também tem propriedades antibacterianas e antissépticas. No entanto, é importante ter em mente que é um ácido, por isso, se tiver pele sensível ou feridas, o vinagre de sidra pode causar irritação.

Como deve ser aplicado:

  • Comece por embeber um disco de algodão no vinagre de maçã.
  • Em seguida, fixe-o sobre o caroço atrás da orelha com uma ligadura ou adesivo e deixe atuar durante alguns segundos.
  • Repita a operação diariamente até se formar uma crosta que acabará por cair sozinha dentro de uns dias. 
  • Quando a crosta cair, lave a zona com sabonete suave.
  • Em seguida, cubra a área com outra ligadura, mas sem vinagre de maçã.
Audiologista a fazer teste auditivo a homem
Cuide da sua audição

A audição é um sentido precioso, que deve cuidar sempre muito bem. Se pretender realizar um exame mais rigoroso, saiba que os audiologistas da Minisom possuem equipamentos de última geração capazes de avaliar com precisão o estado da sua saúde auditiva.

Os exames e o diagnóstico final são gratuitos.

Marcar consulta grátis
Anterior
Próximo

Notícias & Blog

Fique a par das últimas notícias sobre o mundo da audição.
Saiba mais

Descubra como está a sua audição

Marque uma consulta auditiva gratuita

Agendar agora

Faça um teste auditivo online

Iniciar teste

Encontre o centro auditivo mais próximo

Procurar centro