Skip to main content

Vai de férias? A segurança rodoviária começa na sua audição!

10/07/2019

 

Na condução automóvel há situações em que a audição se pode sobrepor à visão, permitindo ao indivíduo evitar a ocorrência de um acidente”. Se concorda com esta afirmação é porque iria responder acertadamente a uma das questões do exame de Código da Estrada do IMT (Instituto da Mobilidade e dos Transportes), alusiva à importância dos sentidos na receção e identificação dos estímulos exteriores, fundamentais para uma correta análise e tomada de decisão por parte do condutor.

A Minisom relembra os portugueses que a segurança rodoviária começa nos ouvidos. Ouvir é imprescindível para manter a nossa capacidade de reacção durante a condução, pois através do ouvido:

  • Percebemos os sons que nos rodeiam, de modo a prevenir acidentes (uma buzina, o apito de um agente de autoridade, as sirenes de emergência de uma ambulância);
  • Ouvimos o ruído do motor, para detetar possíveis avarias a tempo;
  • Mantemos o equilíbrio, que torna a condução mais segura, sem enjoos ou vertigens.

Com o passar dos anos é natural que a capacidade auditiva se deteriore, impedindo-nos de conduzir em total segurança. É por isso que a realização de um rastreio auditivo é muito importante, sobretudo a partir dos 50 anos, mesmo apesar de acharmos que ouvimos bem!

Manter o veículo em bom estado não é suficiente para garantir a nossa segurança e a dos outros. Na estrada, devemos estar sempre a 100%. Por isso, certifique-se de que os seus ouvidos são tão eficazes como o cinto de segurança!

Antes de ir de férias, faça uma revisão ao carro e outra à sua audição.

Se é sócio do ACP, realize gratuitamente uma avaliação completa da sua audição e beneficie de 30% de desconto em aparelhos auditivos e um ano de pilhas grátis – e arranque para uma viagem em completa segurança!

MARCAR CONSULTA GRÁTIS


Consulte toda a informação sobre os nossos acordos e protocolos com outras entidades AQUI.

 

Pilhas grátis para TODOS